Computador HP All-In-One 21-K100

Muitas atividades realizadas pelos usuários atualmente, como editar uma planilha, documento ou apresentação, gerenciar e-mails ou redes sociais, ouvir uma música, visualizar uma foto ou assistir à um vídeo, podem ser executadas pela maioria dos equipamentos, pois o poder de processamento não precisa ser muito alto.

Por isso que os tablets e smartphones ganharam muitos adeptos nos últimos anos, pois conseguem exercer estas tarefas "Home/Office" sem dificuldades e com um sistema enxuto e prático. Mas o conforto operacional, visual e sonoro são muito prejudicados com a mobilidade oferecida, então como seria colocar esta estrutura num computador desktop?

Colocar um sistema concebido para telefones celulares em um computador desktop é o mesmo que colocar um motor de uma motocicleta na estrutura de um carro, mesmo que a moto seja muito potente, poderemos ter dificuldades na performance e fazer "gambiarras" para que isso funcione.

O computador All-In-One Slate 21-K100 da HP possui uma tela de 21 polegadas Full HD touchscreen, com teclado e mouse USB, uma hardware característico da plataforma desktop x86. Para o sistema operacional Android da Google, não houve muitas dificuldades para adaptação, apenas a instalação de um aplicativo da HP configurando o teclado que foi fabricado exclusivamente para este All-In-One. Já a resolução de 1920 x 1080 pixels da tela, o Android também não teve dificuldades, pois muitos telefones celulares atualmente já possuem esta resolução.

21-K100
21-K100

A maior dificuldade para este "casamento" dar certo é o poder de processamento do Tegra 3 da nVidia. Ele não conseguiu reproduzir adequadamente os filmes em Full HD que a tela suporta, tiveram em alguns momentos pequenas travadas na reprodução. Muitos jogos 3D também se comportaram da mesma maneira. Quanto às atividades home/office e demais tarefas multimídias, o Slate 21 conseguiu realizar sem quaisquer dificuldades.

21-k100

A idéia de usar o 21-K100 como tabletão é uma das mais interessantes para os usuários domésticos

Observações

O mais interessante sobre esta tela touchscreen é que ela não é touchscreen de fato. Nos quatro cantos da tela há pequenos sensores que monitoram o toque no vidro para simular o efeito de toque, tanto é, que não é necessário encostar os dedos fisicamente na tela para conseguir a ação de toque no sistema operacional. Este meio de criar uma tela de toque é muito mais barato para o fabricante e o resultado na velocidade e na precisão foram os mesmos das telas touchscreen.

21-k100
Para proteger os pequenos sensores, a moldura da tela tem uma distância maior do vidro para encobri-los.

O aplicativo HP File Manager não consegue enxergar os dispositivos de armazenamento conectados à porta USB, por isso, recomenda-se instalar outro aplicativo pelo  Play Store.

Dica

Para configurar o teclado da HP no sistema Android, abra Configurações, toque em Idioma e entrada,

Clique para ampliar
Clique para ampliar

Agora em Teclado Físico e toque em Lite_On Technology Corp HP Android Wired Keyboard (já instalado pelo fabricante).

Clique para ampliar
Clique para ampliar

Toque agora em Configurar os layouts do Teclado e escolha o layout Portuguese (Brazil) HP Keyboard.

Clique para ampliar
Clique para ampliar

Pronto! agora as acentuações baseadas no layout ABNT estão ajustadas

A qualidade gráfica da tela é excelente, com a tecnologia IPS, resolução Full HD e o suporte do Android para tal resolução, conseguimos imagens tão boas quanto nos computadores ou consoles de video games. Mas há aplicativos e jogos que suportam resolução de até 720p, o que faz perder qualidade gráfica na tela de 1080p.

Já a qualidade sonora tem uma tecnologia chamada DTS Sound que ajuda muito no recurso de posicionamento do som, conseguindo simular um áudio gerado atrás do ouvinte, distante e até mesmo a altura. Já os sons graves não são tão impressionantes, apesar do tamanho maior dos falantes. Em comparação ao monitor 25UM65LG da LG, o áudio do Slate 21 da HP foi inferior tanto nas médias quanto nas baixas frequências, quanto ao volume máximo, ambos conseguiram uma intensidade muito parecida. A qualidade visual da tela do 21-K100 também foi inferior.

21-k100-mouse

A resposta tátil do teclado, assim como o seu layout é muito bom, a ergonomia do mouse e sua aparência também é muito boa. Ambos os modelos são muito utilizados em outros produtos All-In-One da HP. As teclas de funções no teclado do 21-K100 foram substituídas por funções do sistema Android, assim como a tecla do Windows foi substituída pelo Home do Android entre outras adaptações conforme as imagens abaixo:

21-k100-teclado

A maior limitação do HP Slate 21 são os 8GB de armazenamento, obrigando o usuário a adquirir mais um cartão SD de 32GB ou 64GB para guardar os seus arquivos pessoais. Além do leitor de cartões, o usuário pode também incluir um pen drive ou HD externo através de uma terceira porta USB.

Um dos recursos que seria muito interessante para o 21-K100 é uma entrada de vídeo, seja HDMI, DVI ou Sub-D para transformar o Slate 21 em um bom monitor para computador, mas infelizmente este recurso não foi implementado.

O 21-K100 é uma ótima recomendação para os usuários domésticos que irão executar tarefas home/office. Para as tarefas multimídias, considere apenas a visualização de imagens e ouvir músicas, pois a reprodução de vídeos em 720p podem gerar alguns travamentos. Para jogos, apenas os casuais 2D, pois a resolução é muito alta para o processador conseguir reproduzir os jogos 3D.

Pontos positivos

  • Qualidade gráfica;
  • Aparência;
  • Confortável;
  • Recursos da tela;
  • Baixo custo

Pontos negativos

  • Baixo poder de processamento;
  • Qualidade da webcam;
  • Qualidade do microfone
  • Baixa capacidade de armazenamento interno

Maiores informações sobre o produto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *