Algumas informações sobre as redes 802.11n

A instalação de uma rede cabeada traz transtornos que irritam qualquer pessoa. Furar parede, pregar canaletas e passar cabos em locais de difícil acesso são uma das principais reclamações dos usuários.

Apesar de ser mais lenta do que a rede cabeada, a rede sem fio tem se tornado a preferência pois além da facilidade e rapidez na instalação, a mobilidade que ela oferece aos equipamentos é muito superior.

Para amenizar a lentidão que as redes sem fio possuem em relação às redes cabeadas, novos padrões são lançados periodicamente no mercado.

o IEEE que é o instituto mundial de eletro e eletrônica que cuida dos padrões dos nossos equipamentos lançou há algum tempo um novo padrão para as redes sem fio, determinada de 802.11n ou simplesmente padrão N. Mas antes do lançamento oficial, alguns fabricantes começaram a oferecer um rascunho de tal padrão, conhecida como 802.11n draft. Os principais equipamentos que tinham tal padrão eram os notebooks.

O problema é que os primeiros padrões n draft são incompatíveis com o padrão N oficial do IEEE, o que pode gerar alguns transtornos para o usuário que tentar conectar-se à esta rede.

Já a segunda versão do padrão n draft permite compatibilidade com o padrão n oficial através de uma atualização do firmware da placa de rede wireless, roteador ou Access Point, caso você não esteja conseguindo conectividade nesta rede, esta talvez seja a solução. A terceira versão do padrão n draft eliminou muitos dos problemas encontrados nas versões anteriores.

Outra modificação interessante que permitiu um ganho de performance em relação ao padrão 802.11g é o intervalo de transmissões que caiu de 800 nanosegundos para 400 nanosegundos.

Já o MIMO ampliou consideravelmente o desempenho através de vários canais transmitindo simultaneamente na mesma faixa de frequência. É possível usar até 4 antenas com a tecnologia MIMO chegando a 300Mbps de transferência. Como a tecnologia MIMO usa antenas diferentes uma das outras, elas possuem percursos e reflexões diferentes, então o receptor utiliza algoritmos para calcular o tempo demorado de cada antena, evitando assim interferência entre elas. Por isso que o MIMO é recomendável em ambientes com muitos obstáculos, pois uma das antentas conseguirá transmitir o sinal eficientemente por utilizar um trajeto que fugiu ao obstáculo físico.

A tecnologia MIMO não é comum nos notebooks porque devido aos recursos utilizados, o consumo de energia é bem maior, pois é necessário um processamento maior para calcular os algorítimos do Spatial Multiplexing.

O padrão 802.11n permite de 65Mbps até 300Mbps de transferência e continuam operando a 2,4 GHz. Há equipamentos operando a 5 GHz, mas há contradições sobre a segurança na saúde do ser humano para tal frequência, logo, devem ser evitados.

3 thoughts on “Algumas informações sobre as redes 802.11n

  1. Cristiano

    Olá, estou usando esse espaço pois é sua postagem mais recente e com isso espero que voce me ajude; Tenho internet VIRTUA e roteador D-LINK wireless WBR-2310, e muitas das vezes tomo uma surra pois aparece mensagem de ACESSO LIMITADO, o que eu faço para iternet funcionar normalmente sem isso ? No aguardo da sua ajuda e obrigado..

    Reply
  2. Ozanan

    Xiiiii. Eu tbm apanho com essa tal msg de " acesso limitado", ou conectado mas "sem acesso a internet".Mas isso só acontece com o pc com Win 7.Tô pensando até me trocar o DI524, que já tem mais de 6 anos de uso e colocar o DI524/150.Não sei se vai eliminar o problema com o win7.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *