Aprenda a reduzir a temperatura do notebook com a ajuda de programas

Os computadores de hoje são muito poderosos. São velozes, possuem muita memória no HD e são capazes de realizar feitos incríveis. Porém, um defeito persiste em todos eles: o superaquecimento. Esse problema, que ocorre com maior frequencia nos notebooks, ocorre porque o computador precisa trabalhar muito e fica aquecido. As ventoinhas dele e o sistema de resfriamento até tentam amenizar a situação, mas o uso contínuo e outros problemas acabam aquecendo a máquina, aumentando a temperatura interna e diminuindo sua funcionalidade

O que muita gente não sabe é que é possível diminuir parte desse calor baixando a voltagem do sistema. Pode ser feito por qualquer pessoa e é necessário utilizar alguns programas, todos gratuitos. Dificilmente dão problema (porém é bom lembrar que, ao alterar essa funcionalidade, você estará fazendo por sua conta e risco).

Como fazer?

1. Antes de mais nada, instale os seguintes programas:
. OCCT   Perestroika

. Crystal CPUID

. CPU-Z Portable

diminuir_tensao_1

Obs: Cuidado com as toolbars oferecidas pelo CPU-Z.

 

2. Abra o CPU-Z e veja qual é a voltagem da sua máquina. Essa informação está destacada como "Core Voltage". Guarde esse número.

diminuir_tensao_2

 

3. Abra agora o CrystalCPUID. Não se preocupe com a aparência inicial dele. O que você vai precisar usar é muito simples.

diminuir_tensao_3

 

4. Clique em "File" e selecione a opção "Multiplier Management Setting".

diminuir_tensao_4

 

5. Clique no botão Enable Voltage.

 

diminuir_tensao_5

 

6. Agora você poderá alterar a voltagem do seu computador. Clique na aba de voltagem e escolha aquela que está uma casa menor que a voltagem vista antes. Como havíamos marcado no nosso exemplo "1.264 V", então podemos pegar o "1.263 V" da tabela abaixo como o valor mais próxio. Então escolhemos o menor logo acima: 1.250 V.

diminuir_tensao_6a

 

7. Repita esse processo e deixe as três abas (Maximum, Middle e Minimum) com o mesmo valor.

diminuir_tensao_7

 

8. Agora que está tudo pronto, clique em "Apply" e depois em "OK".

diminuir_tensao_8

 

9. Ainda no programa, clique em "Function" e selecione a opção "Multiplier Management". Pronto, o seu computador está com a voltagem alterada.

diminuir_tensao_9a

 

10. Agora é preciso ver se a baixa voltagem não está atrapalhando o desempenho da sua máquina. Por isso, é hora de abrir o OCCT.

diminuir_tensao_10

 

11. O programa é dividido em duas janelas. A da esquerda serve para controlar tudo o que você deseja simular na máquina. A da direita é a medição do programa. Primeiro vamos ajustar tudo na janela da esquerda. Clique na aba "CPU:LINPACK".

diminuir_tensao_11

 

12. Agora deixe o "Test Type" com a opção "Automatic" e coloque uma duração de 15 minutos. Em "Memory", escolha "50%". Depois disso, clique em "ON".

diminuir_tensao_12

Obs: Antes de clicar em "ON" para começar os testes, feche todos os seus programas e não use a máquina pelos próximos 15 minutos.

 

13. Depois de analisar o resultado, você descobrira se o seu computador está funcionando normalmente com uma voltagem mais baixa ou se ele está começando a apresentar falhas. Caso apresente problemas, volte para a voltagem original, pois ele já está utilizando a menor voltagem possível. Se ele funcionar bem, você pode diminuir mais ainda a voltagem, até encontrar o valor mínimo que ele aguenta. Assim, ele produzirá pouco calor.

diminuir_tensao_13

 

14. Agora que está tudo pronto, basta deixar o CrystalCPUID ligado e funcionando na sua voltagem escolhida!

Existem riscos?

Qualquer mudança desse tipo em uma máquina pode ocasinalmente apresentar algum problema. Se você, por exemplo, diminuir a voltagem ao extremo, o computador pode ficar com pouca força até mesmo para ligar. O que acontece nesse caso é a necessidade de aumentar a voltagem novamente.

Aumentar bruscamente a voltagem, por outro lado, pode causar sérios danos, queimar circuitos e inutilizar o seu computador para sempre. Por isso, cuidado.

 

 

Fonte:       Superdownloads

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *