Review da placa mãe Gigabyte GA-H97M-Gaming 3

A Hardplus recebeu da Gigabyte para testes uma das suas principais placas para o Chipset Intel H97, Sendo esta a primeira placa mãe da série Gaming da Gigabyte a ser fabricada no Brasil. a GA-H97M-Gaming 3

Neste Review, vamos colocar o processador i7-4790 e veremos como se comporta a Gigabyte GA-H97M-Gaming 3.

GA-H97M-Gaming 3
GA-H97M-Gaming 3

Usamos a seguinte configuração para testar, avaliar e apresentar para vocês a placa mãe:

  • Processador: Intel Core i7 4790
  • Placa mãe: Gigabyte GA H97M-Gaming 3
  • Memórias: KINGSTON HYPERX FURY 1600MHz CL10 em dual channel
  • Fonte: OCZ ZX 1000W Gold
  • Placa de vídeo: GigaByte gtx980 G1 Gaming
  • SSD: PNY 240GB
  • Monitor 23 Philips LED  Full HD 2ms 60Htz

Software

  • Windows 8.1 Pro 64Bits
  • 3D Mark
  • Furmark
  • Shadow Of Mordor

Devido ao pouco tempo que tive para analisar a placa mãe, tentei fazer de tudo um pouco.

H97M-GAMING_5

Como sempre, a Gigabyte utiliza componentes de alta qualidade em sua placas mãe e placas de vídeo, com o modelo que testamos não foi diferente, o visual dela com dissipadores construidos em alumínio na cor vermelha onde o dissipador forma a sigla G1 e todos os componentes de alta qualidade constam no PCB desta placa mãe, ela faz jus ao nome Gaming da fabricante Gigabyte. sendo um modelo com excelente custo benefício.

H97M-GAMING_1

O tamanho da placa é micro ATX facilitando a compatibilidade com gabinetes menores e proporcionando o Cable Management (organização dos cabos) tornando a montagem bem limpa e com visual menos poluído.O PCB da placa é na cor preta com dissipadores na cor vermelha.

H97M-GAMING_4

BIOS

A interface do BIOS é bem simples e fácil, onde você pode alterar a linguagem para Português, facilitando o manuseio dentro do BIOS.Essa placa possui dois BIOS físicas soldadas na placa, oferecendo uma segurança bem maior para os usuários, principalmente quando eles atualizarem o BIOS ou apresentar alguma falha. Outra característica muito interessante neste BIOS é que a linguagem em português está disponível, isso se deve ao fato deste modelo ser fabricado no Brasil.

Áudio

A Gigabyte colocou uma placa de áudio AMP-UP com chip Realteck ACL 1150 Codec controlador de áudio de até 7.1 canais qu conta com suporte ao software da Sound Blaster X-Fi MB3, que contém testes que fiz diretamente no Software, uma espécie de viagem ao universo com graves e agudos muito bem definidos e ainda com vários perfis de modificação como Música, Filme e Jogo.

IMG_0309

Outro detalhe sobre a placa é a parte externa, ela possui uma trilha iluminada de LED na cor vermelha que serve para isolar e não deixar que os demais componentes elétricos e eletrônicos não gerem interferência eletromagnética, que são gerados na placa mãe entre em contato com a placa de áudio, evitando comprometer a qualidade do chip e reduzindo o ruído de áudio.

O mais interessante é que essa trilha que começa no canto inferior esquerdo, na altura da placa de áudio da placa mãe e vai até o final no conector frontal de áudio, sendo totalmente eficaz e separando a placa de áudio do restante da placa mãe, mas mantendo ela no mesmo PCB, sendo um equipamento com qualidade de placa Off Board em uma placa On board.

Rede

A Gigabyte também colocou um adicional de alta qualidade; a placa de rede Killer E2200, que já é conhecida de outros modelos também da Gigabyte, por ter fidelidade em Ping de rede em jogos online, mantendo a jogatina sempre agradável, fiz alguns testes no novo Jogo da Codemasters, o Grid Autosport Online, um típico jogo de corrida arcade. O Jogo se manteve estável sem queda e travamentos. A fluidez foi confirmada.

Multi GPU

Esse modelo possui dois slots PCI express que suporta crossfireX mas não o SLI (por causa do chipset H97), as placas dual GPU como a  R9 295x2 ou GTX TITAN Z são suportadas. Usei nessa placa a NVIDIA Gigabyte GTX 980 G1 GAMING.

Rodei o jogo como Middle-Earth: Shadow of Mordor com todos os detalhes no ultra, Em Full HD (1920×1080) e vsync desligado. Nosso resultado foi de média: 92FPS e máxima: 258FPS.

Conclusão

A H97M-Gaming 3 é uma placa relativamente simples, sem abrir mão de recursos necessários como som e rede de excelente qualidade, para quem quer montar uma máquina gamer sem gastar muito. Por ser fabricada no Brasil, a estimativa de preço será mais em conta que o mesmo modelo importado, esperamos ansiosamente que isso seja concretizado. Particularmente, não encontrei nenhum contra  referente a placa.

Colaboração: Patrick Jhonatan

2 thoughts on “Review da placa mãe Gigabyte GA-H97M-Gaming 3

  1. Fernanda

    Olá! Desde que instalei minha placa nova os leds internos ficam acesos quando desligo o pc...
    E meu mouse e teclado, também de led.. também ficam acesos, mesmo com o pc desligado...
    Parece que ele ta sempre no modo de espera...

    Será que tem como alterar isso?

    Placa mãe Gigabyte H97M-Gaming 3 l Processador Core i7 4790 l Cooler Hyper TX3 EVO Cooler Master l SSD 60 GB OCZ Agility 2 l HD 1TB Western Digital l HD 1TB Seagate Barracuda l HD 1,5TB Samsung l RAM 12Gb Kingston l AMD Radeon HD 6750 l Fonte Corsair CX600M l Gabinete Thermaltake Versa II l Teclado A4 Tech LED KD-600L l Mouse Gamer Kirata Dazz

    Reply
    1. Assunção

      Olá!! Fernanda.
      tenho uma Placa mãe GA-B75M-D3H, e tem esse mesmo incomodo de ter os leds ligados, mesmo atualizando a Bios os leds do mouse e do teclado continuam ligados, o único jeito que encontrei foi desligando o nobreak ou retirando o cabo da fonte da tomada.

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *