O que é Intel Smart Response

A informática evolui desde a sua implementação no início da década de 60, oferecendo produtos cada vez mais rápidos, menores e mais econômicos. Alguns componentes recebem mais atenção do que os outros, como é o caso dos processadores, placas de vídeo e até mesmo as memórias RAM, enquanto há outros dispositivos que evoluiram muito pouco.

Esta diferença de evolução trz um problema generalizado nos computadores, pois todos precisariam trabalhar em sintonia para conseguir oferecer mais performance com menor custo e menor consumo de energia.

Atualmente o dispositivo considerado um "âncora" no desempenho dos computadores é o Disco Rígido ou Hard Disk (HD). Interesante observar que é um dispositivo de extrema importância para o desempenho e segurança, pois é nele que guardamos todas as informações do computador, como nossos arquivos, os programas e o próprio sistema operacional.

O resultado disso é que temos computadores ainda lentos e com custo relativamente alto, além disso, as memórias Flash, que são muito mais rápidas do que os HDs mas também são muito mais caras, torna inviável amenizar este gargalo.

Diante disso, a Intel implementou uma tecnologia chamada Smart Response que está presente desde o chipset Z68 que equipa as placas mãe para a segunda geração de processadores Intel Core.

Intel Smart Response

Esta tecnologia consiste em armazenar os dados mais acessados em uma pequena unidade Flash, servindo como um cache para o HD. Como as memórias Flash ainda são muito caras, apenas uma fração da capacidade ideal já conseguiria amenizar a lentidão na abertura do sistema operacional e programas. Esta tecnologia está disponível para unidades acima de 16GB ou até 64GB.

Pequenas unidades como os SSDs M.SATA, M2 ou até mesmo SATA, podem ser utilizadas na tecnologia Intel Smart Response, basta conecta-lo ao computador e mostrar ao aplicativo Rapid Storage da Intel quem será o cache do HD, muitas vezes, este recurso é automático e não precisa de ajustes feitos pelo usuário.

HDs híbridos ou SSHD também são suportados pela tecnologia Intel Smart Response. Estes HDs possuem a maioria de sua capacidade de armazenamento em discos magnéticos e uma pequena fração em memórias Flash.

Para implementar o recurso no seu computador, você precisa de uma placa mãe compatível com o Smart Response, um HD SSD e um HD magnético. Você pode também utilizar outros tipos de armazenamento Solid State Drive, como as placas mSATA ou iSATA. Na maioria das vezes, você vai ter que reinstalar o sistema operacional, pois será necessário ativar o modo RAID no SETUP da placa mãe, o Windows será instalado no HD convencional e não no SSD. Após a instalação do Windows, você deve instalar todos os drivers incluídos no CD da sua placa mãe, entre no progama Intel Rapid Storage Technology para configurar o Smart Response. Na barra de menus, clique na opção “Accelerate” para selecionar a unidade SSD para cache e o disco rígido ou volume RAID que você queira acelerar. Também é possível selecionar entre dois modelos de aceleração, avançado (enhanced) ou maximizado (maximized).

No Intel Smart Response, você pode escolher entre dois modos de operação: Enhanced e Maximized, sendo que o Enhanced é mais seguro, pois ele registra ao mesmo tempo as operações de escrita com o HD magnético. No modo Maximized ele grava primeiro no SSD e depois no HD convencional, desta forma, o desempenho do sistema melhora bastante.

Observamos que cada vez mais o custo por Gigabyte destas unidades Flash estão se tornado mais baixo em relação aos HDs convencionais. A esperança é que os SSDs, originalmente concebidos para os notebooks, possam tornar-se padrão para os computadores, dispensando o uso desta tecnologia que não é tão eficiente quanto guardar todos os dados numa unidade Flash exclusiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *