O barato sai caro parte 21

Ontem apareceu aqui na loja Hardplus uma consumidora com um notebook bonito, leve e confortável, juntamente com o baixo custo e uma marca consagrada no mercado de eletrônicos, o produto nos pareceu excelente, mas as aparências enganam e ela vai ter que comprar outro produto, fazendo jus ao nome desta postagem.

Uma das características que tornaram este notebook barato foi a utilização de um sistema operacional gratuito e com boa reputação no mercado de smartphones e tablets, mas a versão para computadores não é digna de elogios.

barato sai caro

O Chrome OS é um sistema leve, gratuito, rápido e eficiente para as tarefas web, ele é suportado pela arquitetura x86 (computadores e notebooks) e ARM (smartphones e tablets) e é basicamente um navegador de internet com as suas extensões do Chrome Web Store. A princípio, deveria ser um sistema ideal para a maioria dos usuários, pois  as atividades web são as mais praticadas atualmente, mas este sistema operacional da Google não permite ser utilizado sem uma conexão com a internet.

chrome-offline

Abrir, visualizar ou editar um documento do Word, planilha do Excel, apresentação de PowerPoint entre outras atividades home/office não podem ser feitas com o Chromebook (um notebook equipado com o Chrome OS) e são justamente estas atividades que esta consumidora precisava para trabalhar e mostrar o seu trabalho para os seus clientes. Imaginem agora ter um computador apenas com um navegador web, sem um pacote office, programas para edição gráfica ou sonora e que não pode ouvir uma música, assistir a um vídeo ou jogar um game casual.

Embora este notebook tenha sido comprado pela internet, esta consumidora não tem o direito de arrependimento previsto no Código de Defesa do Consumidor, pois ela usufruiu do equipamento e 7 dias foram passados, agora ela terá que comprar um novo equipamento que funcione off-line, obviamente, mais caro do que o programado.

Informação é a ferramenta mais importante para o consumidor evitar problemas, frustrações, perda de tempo e dinheiro, antes de adquirir qualquer tipo de produto, estude e pesquise sobre ele nos mais variados locais, pois o barato sai caro.

2 thoughts on “O barato sai caro parte 21

  1. Joaquim

    Ela pode usar offline sim. E é possível instalar linux nesses chromebooks, acredito que até mesmo Windows com alguma ferramenta. Ela não precisa comprar outro notebook

    Reply
    1. daniel

      verdade, esses notebooks são com processadores de mesma arquitetura que o windows usa. São fracos, mas acredito que funciona

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *