PC da crise

O PC da crise

Desde Janeiro de 2015 que a situação financeira dos Brasileiros tem piorado, em função das atitudes econômicas dos nossos governantes. O aumento considerável dos impostos e a cotação do dólar fizeram subir muito os preços dos computadores e notebooks.

Muita gente nos procura hoje na loja pedindo um computador para jogos que ainda custe em torno de R$ 2.000,00, mas isso infelizmente não é mais possível, embora tenhamos uma alternativa que se aproxime destas condições.

Um dos fabricantes que mais subiram os preços no ano de 2015 aqui no Brasil foi a Intel, primeiramente, porque ela praticamente não tem mais concorrente à altura dos seus processadores de alta performance. Segundo, porque os consumidores geralmente seguem a massa e consomem os produtos do primeiro nome que vierem a cabeça, reforçando a questão de oferta e demanda do mercado.

No entanto, a AMD, sua principal concorrente no mercado hoje, está se tornando muito viável para o mercado de baixo custo, uma das características que mais contribuiu para este cenário foi a aquisição da fabricante de processadores gráficos ATI, desta forma, a AMD conseguiu incluir no mesmo chip um GPU e CPU, reduzindo os custos de fabricação, consumo de energia e melhorando a performance.

A plataforma conhecida popularmente como FM2 possui estas APUs da AMD, conseguindo uma performance satisfatório para jogos a um custo menor, ideal para um cenário de crise como estamos passando no momento.

Outra grande vantagem da plataforma FM2 é que você pode posteriormente incluir outra placa de vídeo Radeon R7 para trabalhar em conjunto com a Radeon R7 integrada no processador, recurso conhecido como Crossfire que aumenta muito a performance nos jogos. Como os processadores desta plataforma possuem até 4 núcleos com boa performance, eles conseguem acompanhar o desempenho de duas GPUs deste porte.

PC da crise

Para rodar minimamente os jogos 3D de hoje, recomendamos o modelo AMD 7850K ou 7870K, sendo que o sufixo K lhe permite ainda o overclock tanto do GPU quanto do CPU, em ambos os casos, recomendamos também uma fonte de 500 Watts (potência real), o qual vai conseguir alimentar a AGPU, mesmo em overclock e as Radeons.

Observe no vídeo abaixo o que a APU 7850K conseguiu com o jogo GTA V em Full HD (1080p).

Se você possui um orçamento curto para computador para jogos 3D, considere esta plataforma. Um computador equipado com o AMD 7850K, placa mãe com chipset A88X, SSD de 120GB, 8GB de memória e fonte de 500 Watts está em torno de R$ 2.300,00

Veja abaixo os detalhes da configuração sugerida:

*Observe que a frequência da memória é de 1866 MHz, velocidade em que a controladora de memória desta APU consegue gerenciar.

Nós poderíamos ainda utilizar uma placa mãe com um chipset mais fraco, como a PLACA MAE FM2 GIGABYTE GA-F2A55M-S1 com o AMD A55, concebido originalmente para a primeira versão desta plataforma, o FM1, para reduzir mais ainda o custo final, mas acreditamos que as limitações deste tipo de placa mãe não justifica a diferença de preço.

O gabinete ZM-T5 da Zalman foi escolhido por comportar até 3 unidades de 2,5" para o SSD, possui conexão USB3.0 frontal, é bonito, de marca consagrada e pequeno, pois os prováveis upgrades não serão de placas grandes.

Veja também que não adotamos unidades mecânicas algumas, como o DVD-RW ou HD. Este tipo de dispositivo é muito mais lento, consome mais energia e é mais frágil do que um dispositivo eletrônico, por isso foi colocado um SSD da Sandisk, o qual possui uma velocidade de leitura maior. Embora a taxa de escrita seja menor, o mais importante para a abertura do sistema, programas e jogos é a taxa de leitura.

O que você achou? Comente!

2 thoughts on “PC da crise

  1. Rodrigo

    Fiquei impressionado com o desempenho deste pc e também com o preço. Difícil também encontrar conteúdo de qualidade como este que vocês produziram. Parabéns peo post.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *