Switch ou roteador gerenciável?

Swicth ou roteador gerenciável? Muitas pessoas ficam responsáveis por montar uma rede corporativa na empresa e não sabem como fazer, qual a diferença entre roteador, switch, modem, se o roteador vem antes ou depois do modem, e muitas outras dúvidas que serão esclarecidas nesse artigo.

Primeiramente, você sabe o que é um Hub? Esse equipamento antigo foi um dos primeiros a serem usados nas empresas em redes locais. Basicamente, ele conecta os computadores de uma rede possibilitando transmissão de informações entre eles. Nessa transmissão, ele envia os dados para todos os computadores da rede até encontrar o destinatário, assim ele expõe os dados a qualquer computador conectado, ou seja, nada seguro, além de gerar um tráfego enorme. Devido aos vários problemas decorrentes, o Hub foi perdendo espaço para o Switch no mercado, um bom e inevitável avanço tecnológico. O Switch foi criado principalmente para resolver os problemas que o hub apresentava. Diferente de seu antecessor, ele recebe a informação a ser transmitida e a repassa apenas para o destinatário, sem expô la a outros computadores e reduzindo o tráfego. É importante dizer que, mesmo em uma rede com um switch, ainda é possível acessar informações com técnicas de sniffer. É preciso que o equipamento tenha alguma proteção especial para evitar este tipo de invasão.

Switches e roteadores são parecidos, mas realizam suas tarefas de maneiras diferentes. Um Switch gerencia os dados e envia para computadores específicos em uma rede. Os roteadores permitem que vários computadores compartilhem uma única conexão de Internet. A decisão entre um roteador ou switch depende de suas necessidades.

Quanto aos recursos, os switch, ou comutadores, podem ser gerenciáveis ou não gerenciáveis. A diferença é que o segundo se limita a apenas conectar dispositivos e transmitir dos dados dentro da rede, enquanto o primeiro, além de fazer isso, conta com ferramentas que permitem administrá-lo remotamente ou até mesmo ver relatórios sobre determinados aspectos da rede e seu uso. Gerenciável, nesse caso, significa entre outras coisas, que alguns computadores da rede podem ter acesso a determinados dados , enquanto outros não . Um Switch não pode permitir uma ligação à Internet para ser compartilhado , mas ele ele é útil na distribuição de dados facilmente pela rede.

E como intermediador, você tem o roteador, um equipamento que possibilita a troca de pacotes entre redes separadas, é usado quando é necessário interligar redes diferentes e ao mesmo tempo, mante las isoladas. Quem esta na rede A, não vê diretamente quem esta na rede B, a menos que use um dispositivo como "caminho" para isso. O roteador vai permitir que você conecte vários computadores na internet usando apenas uma conexão, gerenciando o fluxo de dados onde cada computador nele conectado recebe as informações que precisa.

Com relação as velocidades, um switch sai na frente. Eles são mais rápidos do que os roteadores em transferência bruta de dados. Mas por outro lado, um switch não gerencia uma ligação com a internet nem uma conexão de redes.
Resumindo, tanto o roteador quanto o swicth podem ser gerenciáveis ou não. Sua aplicação depende da necessidade. A sequência lógica de instalação é, modem, roteador/switch, e por fim computadores. Saiba que o roteador não terá muitas portas LAN entrando, então o switch é uma opção para expandir essa limitação, caso você necessite de muitas portas, podendo ainda ser cascateável, ou seja, ligar um switch a outro para ampliar ainda mais a disponibilidade de portas. Se você precisa de 10 portas LAN, pode montar a rede com um roteador + um switch, e se gerenciáveis, você terá mais recursos de administração da rede. Se a sua rede vai se estender por vários andares e salas, onde ter fios por todo lado não é uma boa opção, você encontra tanto um roteador quanto um switch em modelos sem fio. Em restaurantes, cafés e outros, é comum o uso de roteador sem fio para hot spot internet.

No site da Hardplus você encontra por exemplo, o modelo SWITCH TP-LINK 10/100 TL-SF1008D a um preço bem acessível, bem como roteadores gerenciáveis, modens e todo suporte para sua instalação.

switch
Switch
roteador
Roteador

3 thoughts on “Switch ou roteador gerenciável?

  1. Paulo Eduardo

    Excelente artigo e gostaria de um esclarecimento.

    No 4º parágrafo, é dito:
    "Um Switch não pode permitir uma ligação à Internet para ser compartilhado, mas ele ele é útil na distribuição de dados facilmente pela rede."

    Isso significa que se eu tiver um switch não gerenciável de 8 portas com 7 computadores e um modem ADSL roteado, os computadores não terão acesso à internet?

    Reply
    1. Post author

      Oi Paulo,

      Os 7 computadores não terão acesso, o equipamento para isso chama-se roteador e o modem deve ser conectado à porta WAN dele para que o acesso à internet pelos computadores possa ocorrer.

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *