Tablet M7-Pro 3G

Um dos tablets mais interessantes que chegaram na Hardplus é o M7-Pro 3G, que pode ser usado também como um aparelho celular. Sua apresentação não é tão elegante quanto o M7 de baixo custo, mas ainda assim, seu design é bonito. O modelo testado possui acabamento preto piano, com todas as quinas arredondadas e os conectores corretamente posicionados.

A maior crítica feita ao aparelho é a qualidade gráfica da tela. A tecnologia IPS é imprescindível para os tablets, seja qual porte ele for. Quem já experimentou um tablet com tela IPS, fica bastante incomodado com uma tela que não possui tal tecnologia. A distorção de cores da tela do M7-Pro 3G é muito grande quando se inclina um pouco o aparelho. Outro problema encontrado na tela do M7-Pro 3G é a distorção das imagens. Quando o aparelho fica na horizontal, as imagens ficam alongadas e quando fica na posição vertical as imagens passam a ficar exprimidas. A resolução de 800 x 480 pixels não equivale ao tamanho real da tela e não há como alterar esta resolução sem mexer no núcleo do sistema operacional, procedimento considerado difícil e perigoso. Devido à tecnologia de tela capacitiva, ela  possui boa sensibilidade, mas suporta até cinco toques simultâneos.

IMG_5733

O M7-Pro 3G possui dois slots para cartões SIM, com isso, é possível usar o tablet como aparelho celular e desfrutar da conexão 3G. O Recurso Dual-chip é útil para os Brasileiros, pois algumas operadoras de telefonia celular possuem planos em que compensa realizar ligações e outras recebê-las. Para alternar entre os chips basta puxar o menu superior e escolher qual chip utilizar para aquela chamada.  A qualidade do sinal é muito boa, o M7-Pro 3G conseguiu pegar sinal em locais que outros aparelhos não conseguiram.

Além da conexão 3G, o M7-Pro possui ainda a conexão bluetooth para conectar dispositivos como teclados, mouses ou outros celulares, conexão Wi-Fi de 150Mbps para conexões à internet pela redes sem fio e sintonizador de rádio FM, que por sinal, também possui bom alcance, conseguindo pegar facilmente  estações que outros aparelhos tinham dificuldades.

IMG_5775

Além destas conexões, o M7-Pro possui também sensor GPS, mas nenhum navegador off-line (que não precisa da internet) foi oferecido pelo fabricante. Pelo fato do M7-Pro possuir uma conexão com a internet via 3G, esta deficiência é amenizada pelo aplicativo Navegador GPs do próprio sistema Android, mas em uma estrada em que não há conexão 3G, este software não poderá ser usado, apenas nos centros urbanos.

Os botões Voltar, Home e Listagem do Android foram movidos da tela para a parte inferior do tablet. Esta escolha não foi uma boa idéia porque a sensibilidade destes botões no tablet é muito pior do que a tela, além disso, a posição e as funções foram alteradas, dificultando o uso para quem já está acostumado com o Android.

IMG_5801

O Android 4.1 é atualmente a última versão do sistema operacional da Google. Felizmente, o Google Play está disponível para instalação de mais de 800.000 aplicativos, filmes, livros e músicas, ampliando consideravelmente as possibilidades de uso do M7-Pro.

A Câmera traseira foi posicionada no centro superior do tablet e sua qualidade gráfica não é muito boa. A resolução do sensor é de 2 Megapixels, suficientes para revelar uma foto de 15 x 10. Já a câmera frontal, destinada à vídeo chamada, possui 0,3 Megapixels e sua qualidade gráfica também não é muito boa.

IMG_5760

Ao contrário do M7, a conexão USB não segue o padrão mais comum da informática, exigindo um cabo e carregador mais difícil de ser encontrado nas lojas de informática. Outros aparelhos que poderiam ser ligados diretamente ao tablet, como HD externo, por exemplo, não poderão ser feitos com o mesmo cabo. Um adaptador de mini-USB para USB Fêmea foi oferecido no modelo M7, o que permitiu o uso de vários dispositivos USB no tablet, seria ótimo se a Multilaser incluísse este recurso ao M7-Pro 3G também.

O slot para cartão micro-SD suporta uma capacidade de até 32GB, amenizando o problema de baixa capacidade interna do tablet, que apesar de ser anunciado com 4GB, foi identificado apenas 2GB. A memória RAM é de 512MB, suficiente para o sistema operacional e vários aplicativos, nos testes realizados com alguns programas abertos, foram consumidos 239MB do total de 512MB.

IMG_5795

Juntamente com o tablet, o fabricante oferece um carregador de energia, um cabo USB para conexão ao computador ou notebook e um fone de ouvido intra-aural.

Pontos positivos

  • Recurso de telefonia com dual-chip;
  • Aparência;
  • Conexões (FM, GPS, Bluetooth, Wi-Fi e 3G).

Pontos negativos

  • Baixa qualidade gráfica da tela;
  • Baixa capacidade de armazenamento;
  • Botões do Android e conexão USB fora do padrão.

One thought on “Tablet M7-Pro 3G

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *